segunda-feira, 18 de julho de 2016

Conselheiros Eleitos realizam palestras por todo o país

Com mais de 100 pessoas presentes, os conselheiros eleitos da Petros, Paulo Teixeira Brandão, Ronaldo Tedesco e Silvio Sinedino ministraram palestra na ABI sobre a situação das Demonstrações contábeis da Petros, exercício 2015. A palestra foi gravada ao vivo e em breve será disponibilizada a todos pelo portal da Aepet na rede mundial de computadores.

Os conselheiros eleitos expressaram suas preocupações sobre os resultados dos investimentos da Fundação, impactados por questões conjunturais e estruturais como a recuperação judicial da Sete Brasil, a demora na construção da Usina Belo Monte entre outros.

Ao mesmo tempo, alertaram para o crescimento acima do esperado dos compromissos do plano de benefícios, impactado pela adoção de premissas mais conservadoras, por acordos entre a patrocinadora Petrobrás e as entidades sindicais e associativas que foram custeados pelo Plano, assim como diversas contingências judiciais.

Os conselheiros eleitos apontam também a existência de diversas dívidas da patrocinadora Petrobras que não estão sendo cobradas por sucessivas diretorias da Fundação, comprometendo fortemente o Plano Petros do  Sistema Petrobras (PPSP).

O Presidente do Conselho Fiscal da Petros, Ronaldo Tedesco, informou a todos sobre denúncia das últimas quatro gestões da Fundação relativa a diversos investimentos que levaram a perdas de cerca de R$ 1 Bilhão: "Houve uma auditoria de conformidade legal de 70 investimentos da Fundação onde foram detectados diversos procedimentos que trouxeram muito risco para a Petros. A Previc foi instada pelo Conselho Fiscal para que verifique a natureza destas operações e seus desfechos. Com isto, poderemos afirmar que tipo de gestão foi praticada e se os responsáveis pelos investimentos cumpriram com sua obrigações de fidúcia frente aos participantes e assistidos do plano.

O equacionamento do déficit técnico do PPSP - que atingiu R$ 16 Bilhões  no exercício 2015 e supera R$ 23 Bilhões de forma acumulada - foi outro tema de interesse na palestra. "A estratégia dos conselheiros eleitos é fazer este debate no marco da cobrança das dívidas da Petrobras para com o plano. Há diversas ações cobrando estas dívidas e outras que já estão parcialmente equacionadas", informou Paulo Brandão.

Esta palestra está sendo realizada para todos os participantes e assistidos que desejarem, em todo o país. Nesta quarta-feira os conselheiros eleitos estarão em Macaé, em palestra promovida pela Aepet/Macaé, no hotel Othon na Praia de Imbetiba, a partir de 18 horas.
Na sexta-feira, também em Macaé, participarão do Congresso Nacional da FNP (Federação Nacional dos Petroleiros).

Para acessar os slides da palestra, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário