quinta-feira, 23 de maio de 2013

Eleições da Petros: Mensagem da FUP é "um choro antecipado de perdedor"?


Companheiros (as),
A Federação Única dos Petroleiros divulgou ontem um estranho comunicado sobre a participação dos eleitores na votação da PETROS. Estranho por que a origem da informação que a FUP divulgou não está clara. Eles afirmam que 13 mil participantes e assistidos de um universo de 150 mil eleitores possíveis votaram até agora. E afirmam também - o que é muito preocupante - que "a lisura do pleito está sob risco".

Acontece que o processo de votação é totalmente eletrônico. Tanto pela internet ou pela intranet/Petrobrás quanto por telefone, todas as modalidades de votação remetem a um servidor eletrônico que não fornece, em nenhuma hipótese, qualquer informação parcial sobre o pleito eleitoral. Pelo menos esta é a informação dada aos candidatos pela Comissão Eleitoral desde o início do processo. O servidor é lacrado antes do início da votação e só é aberto ao final do processo. Portanto, de onde vêm os números de eleitores e os tais 9% afirmado pela FUP? Como ela conseguiu acesso a esta parcial de votação? E por que afirma que a lisura do pleito está sob risco? O que os candidatos da FUP sabem que todos os demais candidatos desconhecem? Quem estaria repassando estas informações à FUP à revelia da Comissão Eleitoral da Petros e dos demais candidatos?
Quatro fatos são muito importantes e devem ser considerados neste episódio:
Primeiro fato: historicamente a abstenção eleitoral é imensa nos processos eleitorais da Petros. De 70% a 80% dos eleitores não votam nestes processos. Este dados constam da tabela abaixo - elaborada pelo CDPP (Comitê em Defesa dos Participantes da PETROS) com o comparativo dos quatro pleitos anteriores, a partir dos dados fornecidos pela Petros. A maioria dos eleitores é de assistidos (aposentados e pensionistas), numa proporção de quase 2 assistidos para um ativo. Portanto, constamos historicamente uma ausência eleitoral ainda mais significativa entre os ativos. Nas eleições de 2009, a minha chapa ao CD e a chapa de Silvio Sinedino ao CF conquistaram o dobro dos votos dos concorrentes das chapas da FUP, que ficou em segundo lugar (veja o quadro comparativo abaixo).
Segundo fato: no recente processo eleitoral de escolha do representante dos trabalhadores para o Conselho de Administração da Petrobrás houve um fenômeno muito estranho a ser considerado. Cerca de 3.000 eleitores votaram no último final de semana, entre cerca de 16,5 mil que participaram do pleito eleitoral. Ou seja, 20% dos eleitores deixaram para votar somente nos dois últimos dias do pleito. É um índice bastante diferenciado, inusitado e que merece a nossa atenção. Ainda mais quando a FUP afirma agora, nas eleições da PETROS, que a lisura do pleito estaria "sob risco". Deveria, para o bem da democracia e do processo em curso, dizer quais os fatores que estão colocando em risco a lisura do pleito. Desde já queremos informar que se o fenômeno citado acima voltar a ocorrer no pleito da PETROS, os representantes das Chapas 12 e 24, Silvio Sinedino e eu, Ronaldo Tedesco, vamos querer comprovação de onde partiram os votos, relacionando o IP dos computadores e os números de telefones.
Terceiro fato: na REDUC, onde trabalho há 25 anos e penso que será um dos locais onde poderei ter uma boa quantidade de votos, o sistema de votação via INTRANET - que facilita sobremaneira o voto dos ativos - ficou sem funcionar corretamente desde o dia 13/05 - primeiro dia de votação - até terça-feira, dia 21/05, às 15 horas. Portanto, de um total de 15 dias de votação, por longos 9 dias o sistema não funcionou prejudicando enormemente, não as chapas da FUP, mas as chapas 12 e 24, que defendo. Não fosse a atuação dos profissionais da TIC na REDUC, ainda estaríamos prejudicados.
Quarto fato: os representantes da Petrobrás e da Petros propuseram no CD da Petros o FIM DO VOTO POR CORRESPONDÊNCIA nas eleições da Petros (em 2011 e em 2013). Esta proposta foi rechaçada por mim, Ronaldo Tedesco, e por Paulo Brandão, Conselheiros Eleitos, e foi aprovada com o voto do conselheiro Paulo César, representante da FUP. O prejuízo aos aposentados e pensionistas é claro, pois são menos acostumados com os meios eletrônicos. Mas o prejuízo à democracia do pleito ainda estamos por mensurar, pois o voto eletrônico não permite a recontagem, e por isso esta modalidade de votação não é confiável e não é adotada em outros países. Por que agora a FUP estaria preocupada com o quórum eleitoral se preferiu aprovar o fim do voto por correspondência quando podia ter se unido aos representantes eleitos e reforçado a democracia no pleito?
Espero sinceramente que a mensagem da FUP seja apenas e tão somente "um choro antecipado do perdedor". Mas este tipo de situação nos preocupa e enviamos mensagens - Silvio Sinedino e eu - requisitando um posicionamento claro e imediato da Comissão Eleitoral a respeito.
Abaixo, nesta mensagem, além do quadro comparativo citado por mim, repasso a todos as mensagens que Silvio Sinedino, titular da Chapa 12 ao Conselho Deliberativo e eu, Ronaldo Tedesco, titular da Chapa 24 ao Conselho Fiscal, enviamos ao Presidente da Comissão Eleitoral e a resposta deste. Para melhor compreensão, as mensagens estão em ordem temporal inversa (ordenadas da mais recente até a primeira).
Conclamos todos os companheiros a votar nas CHAPAS 12 e 24!

Para o CD - CHAPA 12 com SILVIO SINEDINO E AGNELSON CAMILO
Para o CF - CHAPA 24 com RONALDO TEDESCO e MARCOS ANDRÉ

Atenciosamente,
Ronaldo Tedesco
Celular: (21) 8764-0427


    Quadro comparativo dos quatro processos anteriores:


    MENSAGENS TROCADAS COM O PRESIDENTE DA COMISSÃO ELEITORAL NA QUARTA-FEIRA, DIA 22/05/2013


    Para: Ronaldo Tedesco/Conselho/Petros_Sede/BRDe: Alexandre Albuquerque/DE/Petros_Sede/BR
    Data: 05/22/2013 06:45 PM
    cc: "Silvio Sinedino" , Comissão Eleitoral/Secretaria_Geral/Petros_Sede/BR, Walter Prata/Secretaria_Geral/Petros_Sede/BR, "Agnelson" , "Marcos Andre" , "Clarckson" , "emanuelcancella@uol.com.br" , "geral"
    Assunto: Re: Res: Re: URGENTE- É preciso esclarecimento da Comissão Eleitoral
    Já fiz e será divulgada hj ainda ou amanha cedo

    Enviado via iPhone

    Em 22/05/2013, às 17:54, "
    Ronaldo Tedesco" escreveu:
    Prezado presidente da Comissao Eleitoral,
    Ratifico a solicitacao do candidato da Chapa 12, Silvio Sinedino. Entendo que este posicionamento da Comissao Eleitoral tem que ser imediato.
    Att,
    Ronaldo Tedesco
    Candidato ao CF da Petros pela Chapa 24



     
     De: Silvio Sinedino [sinedino@yahoo.com]
      Enviada em: 22/05/2013 13:49 MST
      Para: Alexandre Albuquerque
      Cc: Comissão Eleitoral; Walter Prata; Ronaldo Tedesco; "agnelson@sindipetropaammaap.org.br" ; "marcosandrept@yahoo.com.br" ; Clarckson ; "emanuelcancella@uol.com.br" ; geral
      Assunto: Re: URGENTE- É preciso esclarecimento da Comissão Eleitoral


     
      Prezado Presidente Alexandre Albuquerque,
       Obrigado, mas não basta sua resposta privada à minha mensagem!
       A nota da FUP é pública e coloca sob suspeita a lisura da Eleição, o que exige
    um pronunciamento também público da Comissão Eleitoral sob pena da  calúnia
    da FUP ser dada como verdade.
       Aguardo que a Comissão Eleitoral cumpra seu papel de fiadora da honestidade
    da votação, para tranquilidade de todos os Candidatos e, especialmente, dos nossos
    mais de 150 mil Participantes e Assistidos.
       Atenciosamente,
                                  Silvio Sinedino.

     

        From: "aalbuquerque@petros.com.br"
    To: Silvio Sinedino  
    Cc: comissaoeleitoral@petros.com.br; wprata@petros.com.br; ronaldotedesco@petros.com.br; "agnelson@sindipetropaammaap.org.br" ; "marcosandrept@yahoo.com.br" ; Clarckson ; "emanuelcancella@uol.com.br" ; geral  
    Sent: Wednesday, May 22, 2013 5:39 PM
    Subject: Re: URGENTE- É preciso esclarecimento da Comissão Eleitoral
      
    Parece suposição sem fundamento! 
    Enviado via iPhone

    Em 22/05/2013, às 17:32, "Silvio Sinedino" <
    sinedino@yahoo.com> escreveu:

      
     Prezados Companheiros da Comissão Eleitoral,
       Segue abaixo mensagem recebida da FUP que informa que menos de 9% dos eleitores votaram
    até agora.
       Pelas informações que recebemos dessa Comissão Eleitoral, o sistema de votação é lacrado e só depois
    da apuração se terá conhecimento do número de votantes, assim causa  estupefação que essa Federação
    venha a público divulgar informações que se supunham inexistentes e agora mostram-se de seu conhecimento
    exclusivo.
       Cabe  à Comissão Eleitoral informar como essa Federação teve acesso a esses números, ou caso eles
    não sejam verdadeiros que a Comissão divulgue um imediato desmentido, mesmo porque na mesma mensagem
    essa Federação coloca em dúvida a lisura desta Eleição, o que exige uma explicação URGENTE e uma
    cobrança  de que essa Federação comprove suas denúncias.
       Confiamos na Comissão Eleitoral até o momento e aguardamos seu pronunciamento a respeito.
       Atenciosamente,
                                  Silvio Sinedino.

      
      ----- Repassado por Ronaldo Tedesco Vilardo/BRA/Petrobras em 23/05/2013 04:20 -----

      De: ELEIÇÃO PETROS
      Para: ronaldotedesco@petrobras.com.br
      Data: 22/05/2013 16:25
      Assunto: Eleição Petros:  menos de 9% dos participantes e assistidos votaram




        
      Boletim-08.jpg

      Nenhum comentário:

      Postar um comentário